Barcos no quadrado da Urca

Esta é definitivamente a estação das chuvas. Outro intervalo após vários dias chuvosos e lá fui eu pintar na Urca.
Eu havia feito um pequeno estudo desta composição na semana passada e decidi executá-la em um formato maior, desta vez um vertical... queria a montanha, o Iate Clube e a ponte. Os barcos pesqueiros que ficam estacionados no quadrado da Urca seriam as estrelas. Estes velhos barcos são muito charmosos e o Corcovado é um perfeito tema de fundo para esta cena.
Após montar meu equipamento, comecei a organizar os elementos na tela procurando a melhor harmonia para as formas.

Logo eu percebi que não haveria tempo para um desenho detalhado como inicialmente me propus a fazer pois, apesar de um lindo sol nos barcos, havia uma cortina de nuvens começando a cobrir o Corcovado.



Se eu quisesse manter meu plano original teria que trabalhar bem rápido, decidi por uma abordagem mais direta, pincel e tinta, desenhando e pintando ao mesmo tempo.Ajustando formas, cores e valores. Era como se a montanha estivesse brincando de esconde- esconde, nuvens indo e vindo , desafiando minha habilidade em capturar o melhor momento para registrar na tela.

Eu sabia que não terminaria este trabalho em uma só sessão, mas fui o mais longe que pude até que a luz mudou demais. Tive sorte pois a chuva não veio.
No dia seguinte, felizmente as condições meteorológicas se mantiveram iguais e embora o esconde-esconde continuasse eu pude prosseguir com minha pintura



Última pintura de 2008:
Barcos Pesqueiros no quadrado da Urca - óleo sobre linho 90cm x 50 cm - Sandra Nunes

Posted bySandra Nunes at 18:27 3 comments Links to this post  

Albamar

Final de ano com tempo atípico aqui no Rio de Janeiro. Além das chuvas constantes, a temperatura tem estado mais amena. Considerando que já vamos entrar no verão...
Se por um lado fica mais agradável pintar sem o sol inclemente, a chuva acaba dificultando um pouco, promovendo poucos intervalos para montar o cavalete ao ar livre.

Aproveitando um destes intervalos:
Este é um pedaço reminscente do Rio Antigo, esta torre onde funciona o Restaurante Albamar é a única sobrevivente das quatro que formavam o Mercado Municipal ana Praça XV o qual foi demolido para dar passagem à Avenida Perimetral.
O cheiro de mar intensificado pela umidade do ar me inspiraram nesta composição.

Albamar óleo sobre painel 16x22 cm -Sandra Nunes

Posted bySandra Nunes at 19:49 0 comments Links to this post  

Lagoa Rodrigo de Freitas

Este é o mesmo local onde foi realizado o Encontro Mundial de Pintura ao ar Livre. Por ter sido anfitriã do evento não tive oportunidade de pintar naquele dia, fiz um pequeno sketch e depois retornei ao local com a tela maior.
Um dos mais belos cartões postais do Rio de Janeiro, a Lagoa Rodrigo de Freitas com seu rico ecossistema oferece aos transeuntes espetáculos de beleza ímpar em todas as horas do dia e em qualquer estação do ano. Cercada por bairros elegantes da cidade (Leblon, Ipanema, Jardim Botânico) e emoldurada por belas montanhas cobertas de vegetação, é uma excelente opção de lazer para a famíla. Caminhar, andar de pedalinho, circular pela ciclovia ou mesmo praticar esportes nas diversas quadras em seu entorno.


Domingo na Lagoa Rodrigo de Freitas -óleo sobre tela 46x61cm
Sandra Nunes

Posted bySandra Nunes at 19:14 0 comments Links to this post  

Estação Curvelo

Estação Curvelo - Santa Teresa óleo sobre tela 38x61cm- Sandra Nunes

Este post poderia ser chamado "Lá vai o Bonde". Voltei à estação Curvelo em Santa Teresa desta vez olhando para o meu lado direito, no sentido em que o bonde se dirige ao seu ponto final no Centro da Cidade. Atraiu minha atenção além do bonde na estação o contra-luz na edificação e nas pessoas que, tranquilas caminham pelo bairro.
Veja mais pinturas da Série Santa Teresa em meu website oficial http://www.sandranunes.com/brasil/santa_teresa.html

Posted bySandra Nunes at 17:38 0 comments Links to this post  

Igreja de São Francisco Xavier, Niterói

Igreja de São Francisco Xavier , Niterói - -ost 27x22cm Sandra Nunes

A Igreja de São Francisco Xavier, localizada no alto de uma colina entre as praias de São Francisco e Charitas. Há controvérsias sobre a data de sua fundação, guardando em seu interior raridades como a imagem de São Francisco Xavier laminada em ouro e uma pia batismal feita pelos índios. Alguns historiadores dizem ter sido fundada em 1572 pelo Pe José de Anchieta, mas outros especialistas contestam esta afirmação atribuindo a autoria do projeto ao irmão Jesuíta Lourenço Gonçalves, no século XVII.

De qualquer forma ela é um bom exemplo da arquitetura do Brasil colonial.

Posted bySandra Nunes at 15:52 0 comments Links to this post  

Pintando na Urca

Um bairro onde parece que o tempo passa mais devagar.

Gosto muito das manhãs na Urca, um dos bairros mais tranquilos do Rio de Janeiro, ruas arborizadas, belos casarios no sopé do Pão de Açúcar...

Praça Félix Laranjeiras -


Praça Felix Laranjeiras-Urca -óleo sobre tela 22x27cm -Sandra Nunes
Não pude resistir a este casario de tijolos vermelhos cercado de um belo jardim!
Casario na Urca -óleo sobre tela 27x22cm-Sandra Nunes

Posted bySandra Nunes at 19:00 0 comments Links to this post  

Encontro Mundial de Pintura ao Ar Livre

Encontro Mundial de Pintura ao Ar Livre – 2008

Lagoa Rodrigo de Freitas

O Encontro Mundial de Pintura ao ar Livre é um evento que acontece anualmente durante um final de semana previamente agendado de setembro. Artistas de diferentes países reunem-se para pintar , compartilhando suas experiências pela internet. Este evento é coordenado pelo IPAP (Associação Internacional de Pintores ao Ar Livre), que promove e estimula a atividade durante ano inteiro.

Este ano no Brasil foi bem diferente dos anteriores. Desta vez foram convidados todos os pintores que praticam habitualmente em grupos ou solitários a pintura ao ar livre nas diferentes regiões do Rio de Janeiro, bem como nas cidades vizinhas. Anunciou-se em uma Comunidade artística de um site de relacionamento e a resposta foi excelente. Surpreendente foi o nível de engajamento de todos os envolvidos. Não apenas nas cidades adjacentes (região dos Lagos, São Gonçalo) mas outros estados decidiram também se inscrever diretamente no IPAP. São Paulo com três grupos participou durante os três dias bem como no Norte e Nordeste do país houve participação desta vez.


De acordo com o Serviço de Meteorologia havia 80% de possibilidade de chuva para o dia. O lugar que havíamos escolhido era excelente para a prática da Pintura ao Ar Livre, mas sem nenhum abrigo para caso de chuva. A Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos mais belos cenários do Rio de Janeiro, tombada pelo Patrimônio Nacional é portadora de um rico ecossistema: conhecida como “o coração do Rio” devido ao seu formato, é rodeada por prédios de luxo e envolvida pelo Corcovado e Cristo Redentor. Ao seu redor há parques, pistas de patins, heliporto, pista de corrida, ciclovia e várias quadras dos mais diversos esportes.

Aos domingos e feriados há passeios em pedalinhos que oferecem aos visitantes uma vista exclusiva das montanhas cobertas por floresta que emolduram a Lagoa mais linda da cidade.

Felizmente ficamos nos 20% de probabilidade e não choveu. Foi uma manhã com um pouco de neblina que deu rapidamente passagem ao sol. Os artistas começaram a chegar por volta de 08:00h alguns sós, outros em caravanas com seus cavaletes, telas e caixas de pintura procurando um bom lugar para compor suas pinturas ou desenhos.

O encontro no Rio de Janeiro foi excelente, o grande público presente pode interagir e presenciar os mais talentosos artistas cariocas/fluminenses , alguns deles tendo viajado 200 km para participar do evento.Não era uma competição, não havia prêmio e a satisfação de estar lá era visível em cada participante.

Havia uma agradável atmosfera de camaradagem. Alguns deles se conheciam do mundo virtual ou foram apresentados naquele momento. Outros, companheiros de pincéis de longa data, já não se viam há muito tempo.

Alguns membros Caravana de pintores daRegião dos Lagos


Pintores à beira da Lagoa
Outros em pleno sol....




O que um pintor ao ar livre não é capaz de fazer em prol de uma boa composição:
Um milímetro para traz e teríamos que resgatar um artista de dentro d´água...


Outros preferiram o conforto da beira da Lagoa sob a sombra de uma bela árvore.




A interação do público com os artistas foi total
Observem a técnica perfeita de segurar o pincel:



E a expressividade da pincelada da minha colega...
Novíssima geração de pintores ao ar livreO cavalete montado à beira da pista era uma atração a mais para o público...




O trabalho do artista é de natureza solitária, este Encontro foi uma grande oportunidade de confraternização e troca de experiência. Grandes nomes atuantes em nosso cenário artístico compareceram, foi uma festa para os olhos e um privilégio para o público observá-los juntos, unidos pelo prazer da Pintura ao Ar Livre.


Participação muito especial do grande mestre contemporâneo Lydio Bandeira de Mello....

...que não poupou esforços par ir de cavalete em cavalete observar os trabalhos em andamento.
...orientando e dando sugestões que seus quase 70 anos de vida artística autorizam... João bem que tentou se concentrar e pintar...

Eu tentava organizar e chamar os artistas para a foto oficial. Foi difícil conseguir fazê-los parar de pintar e reunir todos...Quase consegui, ainda faltam muitos participantes nesta foto


Artistas sentados: Yeda Arouche, Afonso Carlos, Arimatéia,Pedro da Costa, Yvone Paloschi,Arlindo, Patricia Newman, Alencar, Mária Perroni, Caiado, Sol Vilas Boas, Júlia Smith,Lício Maia Davi, Jeanne Rouvier, Eriberto Almeida, Charlene Moreira ,Rafael, Zito, Sidney Lacé

De pé: Claudite,Leonídia, João Barcelos,Juan Cuenca,Vera Braga, Alexander A., Angela, Alexander A., Ângela Chefer, Cândida Ferreira,Solange, Lú, Sousa Rodrigues, Sandra Nunes, Eli Epstein, Ana Moura, Reynaldo Caó, Dyandreia Valverde,Gilson de Souza, Oliveira Celso ,Flora, Ignez Rodrigues,Thiago, Silvânia Paraíso, Augusto Marques,Virgílio Dias


Eis que chega o mestre Bandeira de Mello. Outra foto, alguns que não estavam na anterior aparecem aqui, outros não consegui localizar e não aparecem em nenhuma da duas fotos
sentados: Reynaldo Caó,Sidney Lacé,Yeda Arouche, Julia Smith,Sol Vilas Boas,Pedro da Costa,Patricia Newman,Arlindo,Marcia Perroni

De pé: Charlene,Rafael, Oliveira Celso, Thiago, Zenaide, Dyandreia Valverde,Gilson de souza,Lício Maia,Ana Moura, André, Cristina Bicalho, Rudson, Rita ,Lúcia, Souza Rodrigues,..., Bandeira de Mello, Sandra Nunes, Virgilio Dias, Carlos Lacek,Solange, Cândida,Leonídia, João Barcelos, Arimatéia.Sandro Nolding, Zito


Como anfitriã do evento eu imaginava que não haveria tempo para eu pintar, decidi levar então meu equipamento menor. Mal poderia imaginar que seria quase impossível conseguir usá-lo.
Só quando a maioria dos artistas havia finalizado suas telas eu pude abrir a minha caixa para fazer uma manchinha rápida.


Estou só?


Recebo visita... largo os pincéis,


...e finalizamos com uma boa conversa informal à beira da Lagoa

O Evento em outras cidades do Brasil

Agradeço e parabenizo aos artistas que aceitaram de pronto o convite e organizaram-se em suas localidades em prol da visibilidade da Pintura ao Ar Livre no Brasil:

São Gonçalo- Organizado pelo grupo Encontro com a Paisagem
São Paulo Capital 1- Organizado por Cíntia Midori
São Paulo Capital 2 - Organizado pelo Grupo Umapaz - Maricy
Peruibe -Organizado por Paula
Maceió -Organizado por Paulo de Tarso
Belém -Organizado por Heloísa
Espírito Santo - Jorge Magalhães
Minas Gerais- Mario

CLIQUE PARA AMPLIAR

Posted bySandra Nunes at 13:14 4 comments Links to this post  

 
Copyright 2007 | Andreas08v2 by GeckoandFly and TemplatesForYou | Design by Andreas Viklund
TFY Burajiru