Far and Near Horizons Abertura das exposições no Rio de Janeiro e em Nova Iorque

Loading...

Pintando na Chuva

O tempo não dava sinal de melhoras e meu desejo de pintar ao ar livre aumentando a cada dia de chuva. Decidi arriscar mesmo vendo nuvens ameaçadoras no céu , saí em busca daquela luz que só os dias chuvosos proporcionam.Fui para a beira do mar onde a superfície da água reflete inúmeros tons agrizados e o vento que embala as embarcações provoca belíssimos grafismos.
Encontrei uma amendoeira frondosa que, como um grande guarda-chuva verde me protegeria por um tempo do temporal que ameaçava desabar na cidade. Sentei-me na mureta, achei melhor não acoplar a caixa ao tripé pois no caso de uma retirada emergencial a saída seria mais rápida.


A qualidade da foto acima não é boa pois, ao solicitar a um simpático casal que me fotografasse, não percebi que a câmera estava preparada para gravar, sendo assim este é um pedaço de um filme.

Devido às circunstâncias eu sabia que deveria trabalhar mais que rápido, era uma luta contra o tempo que faltava para chover, quem venceria? Comecei a entoar o mantra: Sim-pli-fi-car...sim-pli-fi-car...sim-pli-fi-car... capturar a essência...essência...essência...

Bem, fim da história : choveu um pouco, mas a generosa amendoeira me protegeu de uma garoa e eis o resultado:

Primeira pintura ao ar livre de 2009:

Dia de chuva na Baía de Guanabara - óleo sobre painel 16x22cm -Sandra Nunes

Posted bySandra Nunes at 19:09  

2 comments:

Marcello Jardim disse... 14 de janeiro de 2009 22:43  

Lindo, Sandra!Você valorizou a economia de um dia cinza, gosto quando a água não reflete só azul.

Sandra Nunes disse... 15 de janeiro de 2009 12:46  

Obrigada Marcello, estes dias cinzentos são bastante ricos em cores sutis.

Postar um comentário

 
Copyright 2007 | Andreas08v2 by GeckoandFly and TemplatesForYou | Design by Andreas Viklund
TFY Burajiru